Portal de LifeStyle para Homens. Tudo o que precisas de saber sobre moda, relacionamentos amorosos, carreira e desporto para triunfar no mundo.

.Arquivos

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Abril 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

.tags

. todas as tags

Sexta-feira, 23 de Novembro de 2012

NASA admite descoberta secreta em Marte.

É o rumor do ano. Um cientista da equipa do mais recente robô marciano deixou escapar que estão a trabalhar em dados que entrarão na história. Mais só em Dezembro.


 

Lição n.o 1: para um cientista a braços com algo que ainda não pode revelar: nunca dizer a um jornalista da rádio mais prestigiada dos Estados Unidos que os dados que tem em mãos são avassaladores (“earthshaking”, nas palavras de Joe Palca, um dos repórteres mais famosos da NPR).

 

Lição n.o 2: não acrescentar que esses mesmos dados “são daqueles para os livros de História”. As declarações de John Grotzinger, investigador principal da equipa do novo robô marciano da NASA, Curiosity, foram publicadas há três dias. Delas nasceu o rumor científico do ano: a NASA está só a fazer as últimas validações antes de anunciar algo bombástico relacionado com a nova missão em Marte, o robô Curiosity, que procura ir mais longe na resposta à pergunta “há ou terá havido condições de vida no planeta vermelho?” Daí a começarem a imaginar-se provas irrefutáveis de haver alienígenas, ainda que bactérias, foi um passinho.

 

O facto de os norte-americanos estarem por esta altura do ano a gozar o Dia de Acção de Graças torna complicado medir o entusiasmo entre a comunidade científica mais próxima dos trabalhos da NASA. Para já, a principal aposta é que a suposta descoberta terá a ver com sinais de material orgânico em rochas recolhidas no planeta. Estas estão a ser analisadas num conjunto de três instrumentos a bordo do robô, chamados Sample Analysis at Mars (SAMS), “que ajudam a perceber a composição química do planeta vermelho”, disse ao i Douglas Vakoch, do Instituto de Pesquisa de Vida Extraterrestre (SETI), desculpando-se com o feriado nacional para dar respostas mais breves do que o habitual.

 

Ler mais )

 

publicado por Moda Masculina & LifeStyle às 19:44
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 20 de Novembro de 2012

Cientista diz ter descoberto Atlântida em Espanha

Cultura: Atlântida, imaginada debaixo de água


A noticia já e antiga, mas achei interessante partilhar com vocês! Sempre gostei destes temas, não era por acaso que tinha sempre boas notas a história.

 

Então aí fica: Atlântida, a "cidade perdida", pode ter sido encontrada em Espanha e, segundo um cientista, foi destruída por um tsunami há milhares de anos.

 

A teoria é de Richard Freund, da Universidade de Hartford, que defende que a mítica cidade de Atlântida ficou submersa depois de ter sido atingida por um tsunami, na zona de Cádiz, no Sul de Espanha, cerca de nove mil anos atrás.

 

Freund acredita que encontrou a metrópole a 96 quilómetros da costa, nos pântanos do Parque Nacional de Doñana, a norte de Cádiz, em Espanha. Segundo o cientista, o facto de a cidade ter ficado submersa e estar tão longe do mar "revela o poder dos tsunamis", disse à Reuters.

No entanto, esta descoberta não será a Atlântida original, mas uma cidade feita à sua imagem por sobreviventes da cidade original. Segundo Platão, filósofo grego que fez os primeiros relatos que se conhecem sobre Atlântida no ano 360 A.C, no diálogo "Timeu e Crítias", a cidade "desapareceu de um dia para o outro para as profundezas do oceano", e localizava-se em frente aos "Pilares de Hércules", nome pelo qual era conhecido o Estreito de Gibraltar.

 

A equipa de Richard Freund, composta por geólogos e arqueólogos, identificou o "memorial" de Atlântida entre 2009 e 2010, recorrendo a radares, imagens de satélite e cartografias subaquáticas.

 

O documentário "Finding Atlantis", no qual a descoberta foi apresentada, foi transmitido no domingo à noite no National Geographic norte-americano.

 

 

Fonte: DN

publicado por Moda Masculina & LifeStyle às 14:17
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 30 de Outubro de 2012

Os 10 homens mais inteligentes da historia

O Quociente Intelectual médio da humanidade está entre 85 e  120 pontos; William James Sidis, Goethe e Voltaire possuíam valores entre 300 e  190. Os valores de QI mostrados aqui para cada pessoa são o resultado de uma  pesquisa de registros históricos: da herança biológica, da infância e juventude  e dos feitos desses homens. Este método, amplamente utilizado e respeitado pela  comunidade científica,  é conhecido como  historiometria.

 

Os 10 homens mais inteligentes da história

 

William James Sidis (1898 - 1944) QI=300 - O jovem  James podia ler o New York Times quando tinha apenas 18 meses, e aos oito anos  falava 8 idiomas além do inglês (latim, grego, francês, russo, alemão, hebreu,  turco, e armênio), e aos 7 anos inventou um, o Vendergood (é uma linguagem artificial). Na idade adulta, foi estimado que ele pudesse  falar mais de 40 idiomas, e aprender uma língua nova numa semana. Faleceu a  17 de julho de 1944 aos 46 anos de uma hemorragia cerebral. O seu pai havia  morrido da mesma maneira em 1923, aos 56 anos.

 

 

publicado por Moda Masculina & LifeStyle às 18:14
link do post | comentar | favorito





.Pesquisar neste blog

 

.Setembro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Facebook

.Musa MML 15

Micaela Miranda
Musa MML
Entrevista exclusica ao Moda Masculina & LifeStyle AQUI!

.Posts recentes

. NASA admite descoberta se...

. Cientista diz ter descobe...

. Os 10 homens mais intelig...

.Filmes em Destaque:

.Agora no Ipad